sábado, 9 de fevereiro de 2008

Coisas Boas Por Cá

Metamizole, vulgo Nolotil.
Proscrito nos EUA e em muitos países europeus, por raras agranulocitoses, é um analgésico fabuloso que enriquece a nossa farmacopeia e alivia muita dor por este país fora, todos os dias. A bula refere um máximo de 4 comprimidos de 575mg por dia (2,3g). Por via e.v., em ambiente hospitalar, é frequente a administração de uma ampola de 8/8horas (6g/dia, o equivalente a 10 cp).
Nimesulide.
Um anti-inflamatório não-esteróide de primeiríssima água, também excluído em muitos países, por hepatotoxicidade, relativamente menos gastro-tóxico que muitos da sua classe com igual potência. Neste é escusada a toma de mais de 200mg/dia (2 tomas), não se incrementa o efeito e exponenciam-se os efeitos secundários.
Um casalinho que dá um jeitaço em múltiplas indicações.
Quando tomados nas doses adequadas.

3 comentários:

Coração Felpudo disse...

Não sendo um grande fã do nimesulide, sou um indefectível do metamizol, especialmente no SU/enfermaria...

Luz disse...

O metamizol e eu não nos damos bem, uma pena. Nimesulida é uma criatura porreirinha mas eu preciso mesmo é de Meloxicam...

Anónimo disse...

quanto ao nimesulide e ao estomago, discordo... acho é que tendo tão bons dotes analgésicos até tira as dores das ulceras....
Cf