sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

6 Feet Under

Sim, é mesmo da série que se trata.
Passou-me completamente despercebida na altura em que seria actual, e vejo (ou vi-a) agora, ao longo dos últimos meses, ritmado pelo resto da minha vida, as 5 séries umas atrás das outras.
Devo ter ganho alguma coisa no encadeamento, sem as imposições que as televisões sempre impõem nessas coisas, com as suas alterações de horário, já para não falar no vazio entre séries.
Vi hoje o último episódio e... está lá tudo.
Vidas simples, com as enormes complicações mundanas que tanto nos apoquentam.
A banalidade da morte, episódio atrás de episódio, com a distância que o negócio da funerária impõe, e que acaba por tornar todo o processo automático, pitoresco, às vezes a raiar uma genuina comicidade de situação. Até ao doloroso dia em que a morte bate à porta, com todos os seus comoventes efeitos devastadores.
Até ao final, em que uma importante decisão de vida dilui-se ridiculamente na crua realidade do envelhecer, do sofrer, e do morrer.
É o pragmatismo da vida real, sem apelo nem agravo, sem contemplações.
Só não sabia era que alguém já o tinha conseguido, de forma tão genuina e bela, pôr em formato de série de tv.
Que se deve ver, como se de um longo filme se tratasse.
Então, what's the point, parecemos querer saber no final?
Olhem, a vida vale mesmo a pena por todas as pequenas grandes coisas. As que são sobejamente poetizadas (filhos, parceiros, amigos, família...), mas também por estas preciosidades que, aqui e ali, vamos podendo ter o privilégio de contemplar.
Coisas efémeras, afinal de contas? Talvez. Mas não interessa, é tudo o que podemos ter.
Faltam-me os adjectivos para definir "isto" que acabei de ver, mas entre o comovente e o doloroso haveria de encontrar a resposta a essa difícil pergunta. Morfina sensorial....
Não percam o privilégio de assistir, caros leitores, num dia desses....

12 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Daniel RM disse...

Olá.
Sobre seu blog, é excelente.
Possuo um site de downloads de livros de medicina, e gostaria de lhe propor uma parceiria, uma vez que o meu publico provavelmente, como eu, apreciará o seu conteudo.

Sobre essa mensagem, nao encontrei nenhum outro meio de contato no seu blog.

se estiver interessado, use o email
livrosdemedicina@live.com.

Att. http://livrosdemedicina.hdfree.com.br/

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Sousa Cintra disse...

É uma grande série, sim senhor. Aliás... é "a" série. "Está lá tudo", como dizes.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
TTA disse...

Sobre o mesmo tema, vi recentemente o último filme do Woody Allen, Whatever Works, mal traduzido para Tudo Pode Dar Certo. No filme, um homem desiludido que considera que a vida termina com a morte, que toda a humanidade é má e tudo é sofrimento, acaba por ter que concluir que, por isso mesmo, devemos aproveitar tudo o que nos dê qualquer fragmento de felicidade no tempo em que estamos vivos, ou seja: Whatever Works... Penso que é em sintonia com este post, não?

FENAM disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

[url=http://choroby-psychiczne.eu/halucynacje]halucynacje[/url]
[url=http://choroby-psychiczne.eu/narkolepsja]narkolepsja[/url]
http://www.google.com/
[url=http://choroby-psychiczne.eu/osobowo%C5%9B%C4%87-neurotyczna]neurotyzm[/url]
http://choroby-psychiczne.eu/parali%C5%BC-senny
[url=http://choroby-psychiczne.eu/katapleksja]katapleksja[/url]

http://choroby-psychiczne.eu/halucynacje
http://choroby-psychiczne.eu/narkolepsja
http://www.google.pl/
http://www.en.wikipedia.org/
http://choroby-psychiczne.eu/osobowo%C5%9B%C4%87-neurotyczna
http://www.adobe.com/
http://choroby-psychiczne.eu/parali%C5%BC-senny
http://choroby-psychiczne.eu/katapleksja
[url=http://choroby-psychiczne.eu/]choroby psychiczne[/url]